Máquina que transforma lixo em água começa a funcionar

O fundador da Microsoft, Bill Gates, construiu uma máquina capaz de transformar lixo em água e em janeiro desse ano, ele apareceu em um vídeo bebendo água dessa máquina. Quase nove meses depois, ele reapareceu para contar que a máquina está operando em Dakar, no Senegal, para realizar testes.

Janicki Omni Processor, ou JOP, é o nome da máquina. Ela recolhe dejetos em larga escala e reaproveita tudo em um processo rápido. Com a quantidade produzida por uma comunidade de 100 mil pessoas, quase 90 mil litros de água limpa e 250Kw de energia são produzidos. Esses números podem variar de acordo com a população do local.

Com essa iniciativa, Bill Gates, pretende ajudar países em desenvolvimento, com a criação de um sistema de reuso eficiente, uma diminuição de custo, já que países nessas condições não têm saneamento ou possui um sistema pouco eficiente, e por fim, ajudar na saúde local, já que boa parte das doenças é transmitida por ingestão de água contaminada.

“Muitas das tecnologias envolvidas no JOP estão disponíveis há anos. Então por que ninguém construiu uma até agora? Porque as pessoas que entendiam a tecnologia não estavam adoecendo ou morrendo por consumir água contaminada, e eles não conheciam ninguém que estivesse. Ou não estava claro como eles poderiam lucrar trabalhando no problema. Era um caso clássico de falha mercadológica”, afirma o filantropo em seu blog chamado Gates Notes.

Durante o post, ele ainda afirmou que há uma empresa de Senegal interessada na máquina e uma negociação para a aquisição está sendo feita, por outro lado, as pessoas responsáveis pela máquina estão tentando torná-la mais barata e compacta.

Fonte: geek.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *